SEGUIDORES DE CAMINHADA

domingo, 14 de outubro de 2012

Poema de amor - Pôr do Sol

Porto Alegre-RS - margem do Guaíba - Mesmo com o tempo frio, o pôr do sol foi muito apreciado nesse dia 12 de outubro de 2012





                                      Poema de amor

Nossos atos hão de ser sempre subsidiados pelo amor.

Amor em toda sua amplitude de compreensão.

A medida dessa compreensão é conquistada no viver cotidiano.

Seguindo essa trilha, regozijamo-nos por ver as flores do caminho.

No todo existente, entretanto, há equilíbrio nas forças da natureza.

Há de se compreender a existência dos pântanos em nossa paisagem.

Trilhar em paz significa ter essa compreensão.

Meta a se almejar, pelo menos.

O cair das folhas e das flores não dá motivo para desdizer das plantas, nem as mazelas para desdizer da vida.

Tudo pode ser visto sob o prisma do amor.

Amamos o sol apesar de saber que ele pode nos tostar.

Ele não se perturba com sua força distributiva.

Segue sua rota navegando entre forças maiores ainda.

É tão belo o raiar do dia e não menos o entardecer.

O primeiro nos desperta para a lida diária, nos agita, nos sacode, para sorrir e agir.

O outro nos acalma, quando a luz se afasta.

É como se o sol dissesse: minha cota de energia de hoje já foi fornecida, mas  amanhã haverá luz outra vez.

 


Evaldo de Paula Moreira
Poema de amor

                                                                                                          

31 comentários:

Bento Sales disse...

Olá, grande amigo Evaldo!
Que bom seria se nossas ações fossem pautadas pelo amor, pois seríamos mais felizes.
O poema, além de conter grande beleza poética, tem também muita sabedoria.
Fique feliz ao te ver voltando paulatinamente.

Parabéns pela veia poética!

Abraços fraternos.

Humberto Dib disse...

Um belo poema, Evaldo!
Um abraço desde Argentina.
HD

Smareis disse...

Olá Evaldo,

Depois de um tempinho ausente aqui estou...
Belo poema, e a imagem e perfeita, linda.Parabéns!

Deixo um grande abraço, com desejo de uma ótima semana!



Smareis disse...

Olá Evaldo,

Obrigada pelas palavras sábias e brilhante que sempre deixa no comentário.
Seu poema é rico em sabedoria.Muito belo!

Deixo um grande abraço!

Ótima quinta-feira.

Elisa T. Campos disse...

Querido amigo Evaldo
Seu poema soa como uma canção divinal.
Versa amor em tudo que te rodeia.
.....O cair das folhas e das flores não dá motivo para desdizer das plantas, nem as mazelas para desdizer da vida.......
Isto é comunhão com a vida sem distição. Me encanto sempre vindo aqui.

Inseri o seu link na minha postagem para divulgação e compartilhamento.
Um lindo dia para você e os seus.
Um carinhoso abraço.

Morgan Nascimento disse...

Olá, parabéns pelo blog!
Se você puder visite este blog:
http://morgannascimento.blogspot.com.br/
Obrigado pela atenção

Smareis disse...

Olá Evaldo!

Maravilha que tu escreves.

Passei pra deixar um abraço e desejar uma excelente semana amigo.

Beijos no coração!
Fica com Deus!

Zélia Cunha disse...

Boa noite, amigo

Lindo seu poema. O amor é o tempero da vida, o principio de tudo. desculpe minha ausência, mas estou voltando aos poucos.
Tenha uma abençoada semana, um grande abraço.

Smareis disse...

Olá Evaldo,

Simplesmente deslumbrante essa foto.
Fico encantada com a sua forma de escrever, de debulhar as palavras uma a uma.

Deixo um grande abraço e ótima semana!

Martha Marquez disse...

Meu querido amigo Evaldo,
Sou sua mais nova amiga virtual, prazer!
Sua alma de poeta cativou meu coração que vagueia pelos versos insanos...
Me tornei sua seguidora.
Seu blog é divino!
Parabéns!
Beijos salpicados de estrelas e miosótis,
Martha
me visite:
http://ternuraantiga.blogspot.com.br
terei muito prazer em receber vc!
Ou tente assim: coloque na busca do Google:
blog ternura antiga de Martha Marquez e depois me conte, ok?

Ana Cecilia Romeu disse...

Evaldo, caro amigo!
Lindo poema sob o pôr-do-sol mais lindo do mundo! Pelo menos para nós porto-alegrenses é :)
Maravilhoso post! Pois eu já havia lindo e apreciado, no entanto ainda não havia comentado, espero que tenha sido excelente a viagem de vocês aqui para o sul.
Grande abraço e ótimos dias!

Martha Marquez disse...

Oi Evaldo, passeei para lhe desejar um feliz fim de semana!
Beijos,
Martha

Martha Marquez disse...

Oi Evaldo,
Vim te convidar para vr a minha postagem de hoje...é um testemunho.
bjs,
Martha

Cissa Romeu disse...

Caro amigo Evaldo!
Linda a nova ilustração de entrada do blog!
Vim desejar um excelente Natal e ano novo para você e sua família, e agradecer pela companhia em 2012, com a presença sempre muito inteligente e atenta, que muito engrandeceu meu espaço virtual.
Muito obrigada!

Grande abraço para você e sua família!

Evaldo disse...

Oi, Cissa, caríssima amiga!
Agradeço-lhe da mesma forma sua presença que valoriza sobremaneira meu modesto trabalho por aqui. Acima de tudo, o ânimo da sempre boa palavra, emanada desse coração sensível que você tem ao aconchegar nossos trabalhos com o seu carinho. Componente extra, que nos cativa a convivência, porque a sabedoria de seus comentários sempre esteve presente, encontrando algo para ressaltar de bom.
Desejo a você e sua família também, um natal feliz, assim como um ano novo profícuo.
É o que desejo também a todas as pessoas que prestigiam estas páginas, comentando ou não, que nos brindam com suas palavras, ou então apenas com seus olhares.
Um feliz Natal e ano novo para todos!

Martha Marquez disse...

Meu querido amigo Evaldo,
Eu indiquei você e seu blog para o Incentivo à Leitura! Vá até o meu blog, pegue o selinho para vc colocar no seu blog e siga todos os passos que eu fiz.Espero que fique feliz!
Beijos carinhosos,
Martha

Carlos Rímolo disse...

Caro amigo poeta Evaldo !

Perdoa-me a invasão de seu espaço. Achei seu Blog. com uma amiga comum: Martha Marquez e, resolvi visitá-lo e conhecer um pouco do seu trabalho.
Seu blog. é belissimo, com textos maravilhosos. Adorei seu Poema. Muito lindo mesmo. Está de parabéns. Já sou seu seguidor.
Beijos de luz !!!

POETA CIGANO - 20/12/2012

http://carlosrimolo.blogspot.com

Martha Marquez disse...

Evaldo,
Você tem que por o selinho do incentivo na lateral do seu blog!
Agora, vá até o meu blog e veja como eu fiz a postagem de hoje,dia 20/12! Você deverá fazer igual no seu! A única diferença é que irão mudar o livro a ser indicado e os blogs que vc indicará.Entendeu?
Um abraço,
Martha

Francisco Neto disse...

Cara, vc manda bem nas letras. Precisa ser mais frequente, escrever mais... muito bom mesmo!

Elisa T. Campos disse...

Mais
um
ano

passou
e que
no

outro
possa
trazer

muito
mais
paz

mais
luz e
amor

FELIZ
ANO
NOVO

Caro amigo Evaldo
Vim agradecer pelo seu carinho, bondade e sabedoria que sempre me acresceu. És a poesia em pessoa que só irradia alegria e encantamento.
Desejo a você e toda a sua familia uma entrada iluminada com muita paz e amor.

Um grande abraço.

Martha Marquez disse...

Amigo Evaldo,
Feliz 2013 para você!
Beijos,
Martha
Tem um recado para todos meus seguidores em meu blog! Dê uma passadinha por lá!

Bicho do Mato disse...

Oi amigo, tudo bem? Vim conhecer seu blog e achei muito interessante, já estou seguindo. Gostaria de convidá-lo a fazer uma visitinha ao meu blog, onde posto minhas poesias, se você gostar, ficarei muito honrado em tê-lo como seguidor. Desejo uma ótima semana pra você, com muitas alegrias. Abraços do amigo Bicho do Mato.

Bicho do Mato disse...

Oi amigo, tudo bem? Sou o Marcos, administrador do Blog do Bicho do Mato e venho, através deste comentário, lhe convidar para o Primeiro Concurso de Poesias, "Pena de Ouro" do Blog do Bicho do Mato, que será realizado de 20 a 30 de abril de 2013. Ficarei muito honrado com sua participação que será muito importante para o êxito deste evento.

Para ler o regulamento, clique neste LINK. Conto com sua presença.

Grato pela atenção.

Grande abraço do amigo Marcos. Até mais.

ACADEMIA MACHADENSE DE LETRAS disse...

O pesquisador e poeta Carlos Rodrigues, 53, natural de Carvalhópolis, sul de Minas irá lançar em breve o primeiro livro sobre a trajetória desta singela e pacata cidade do sul de Minas, cujo título será “Carvalhópolis -100 anos de História”
Carlos colheu inúmeros depoimentos (causos, lendas, curiosidades...) de antigos moradores culminando nesta primeira obra (sem nenhum apoio do setor executivo).

Contatos: (35) 9976-9222
carlosrrodrigues14@hotmail.com



“ENCONTRO COM A ACADEMIIA MACHADENSE DE LETRAS”

A Academia Machadense de Letras realizará durante suas reuniões, o “Encontro com a Academia”.
Este acontecimento tem como objetivo, a interação e divulgação das manifestações culturais, através de debates com membros da nossa cidade e região.

Contatos:
Carlos Roberto de Souza
machadocultural@gmail.com
(35) 8833-9255
Bog da Academia: http://academiamachadense.blogspot.com.br/

Fátima Fontenelle - Seguindo meu pensamento disse...

Amei teu blog.



Pedaços de uma vida

Ai que saudades que eu tenho,
de tudo que já passou!
pedaços de minha vida,
que o tempo enfim, levou.
Saudades de minha infância,
pelos campos a cantarolar,
saltitando pelos caminhos,
que jamais irei passar;
da escola, também me lembro;
lá na pracinha eu ia brincar...
E dos domingos lá na igreja,
Ai que saudades que isso me dar!
lembro-me das nuvens nos dia de sol,
das lindas noites lá no sertão,
recordo-me até mesmo da lua cheia,
dos sete estrelas não esqueço, não.
Saudades que eu sinto agora
de tudo que outrora vivi,
dos sonhos tão bem sonhados,
e dos castelos que construí;
recordo da chuva, dos riachos,
e do trem passando e eu a esperar,
e até do pássaro lá da gaiola
que eu assobiava para chamar;
lá na fazenda tudo era lindo!
meu pai à noite ia contar,
mil histórias ele inventava,
que eu morria de medo ao me deitar.
Dar uma saudade quando me lembro,
das fogueiras de Santo João,
do aluar, do bolo de milho,
dos compadres não esqueço, não.
Fecho os olhos e posso ver
a minha infância tão querida,
até dos sonhos que eu sonhava,
com o amor da minha vida...
(Fátima Fontenelle)


dilita disse...

Olá Evaldo!
Passei de novo pelo seu blog e com pena minha não encontrei nada de novo.
Diz-se que cada um sabe de si...
Assim o Evaldo resolveu parar porque......

No entanto permita-me a ousadia de lhe lembrar que é tempo de voltar!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
Estou esperando.
Um abraço de Portugal.
Dilita.

Cissa Romeu disse...

Evaldo, meu amigo!
Saudades!
Apareci para deixar um grande abraço em ti e na família!

Elisa T. Campos disse...

Caro amigo Evaldo
Também estou esperando a sua volta.

Lindos dias para você e toda a família.

Um grande abraço.

Ana Cecilia Romeu disse...

Caro Evaldo,
meu amigo, já coloquei lá no meu blog, mas venho aqui, mesmo que com certo atraso, agradecer seu comentário e sua presença sempre muito importante.
Grande abraço a todos!

Bento Sales disse...

Olá, preclaro amigo Evaldo!
Antes, peço-lhe desculpas pela ausência e agradeço-lhe pela honra do seu comentário, como sempre, lúcido e erudito.
Ando ainda um tanto atarefado, o que não me permite dar atenção ao link, e, consequentemente, aos queridos amigos, que tanto prezo.
A história é a mesmo que relatou. Há muitas versões (traduções)e até com títulos diferentes, mas a fábula primordial pouco varia.
Deixe aqui um abraço saudoso do amigo de sempre.

Nouredini.'. Heide Oliveira disse...

"No todo existente, entretanto, há equilíbrio nas forças da natureza.
Há de se compreender a existência dos pântanos em nossa paisagem.
Trilhar em paz significa ter essa compreensão"
Belo poema e sábias palavras que nos lembram o quanto a vida é dual.
Votos de paz!