SEGUIDORES DE CAMINHADA

sexta-feira, 19 de agosto de 2011

Série Pensamentos - Reflexões - Gosto





                                               
                                                                 O gosto

Procuramos as ondas mansas do mar, mas há quem procure as ondas agitadas.
Há quem dirige um trator, mas há quem goste do tanque de guerra.
Há quem cuida dos jardins, mas há quem prefere o piso de cimento, decorado.
Já faz muito tempo que não ouço mais a expressão: “gosto não se discute”.

Certo dia um professor disse em sala de aula:

               - Gosto se discute.
               - Gosto não se impõe.

Hoje não é dia do professor, então não sei por que me deu vontade de dizer isso.
Creio que é porque sempre quis ser professor, mas não sou.
Será o destino?
Será o talento?
Também já gostei muito de jogar futebol, as tais peladas que todo mundo fala. Até já vesti as camisas de times recreativos.
Sonhamos com tantas coisas...
Gosto é gosto. Discute-se, mas não se impõe.
Creio que o professor estava certo.

Juiz de fora, 18 de agosto de 2011.
Evaldo de Paula Moreira
Série Pensamentos – Reflexões - Gosto