SEGUIDORES DE CAMINHADA

sábado, 12 de novembro de 2011

Série Pensamento - o dia e a noite - reflexões


9 comentários:

Celina Dutra disse...

Evaldo querido,
Bela ilustração e lindo texto. Até para dormir e levantar (coisinhas básicas e corriqueiras) precisamos escolher, ô vida!!! Excelente fim de semana. Beijos

Cissa Romeu disse...

Evaldo, meu amigo.
Só para te avisar que estou passando uns dias no Uruguai e ainda não consegui um wi-fi decente por aqui, a conexão não está boa, depois retorno com calma para comentar e apreciar teu trabalho!
Abração e ótimos dias!

Bento Sales disse...

Oi, grande amigo!
Seu pensamento retrata bem as fases cotidianas que vivemos.
Nosso corpo e nossa alma precisam tanto da noite quando dia. Cada turno é de suma importância para vida.
A noite e o dia são como polos que juntos nos movem.
Vi-me no seu texto.

Parabéns pelo virtuosismo!

Abraços!

Cissa Romeu disse...

Evaldo, tudo bem?
Voltei, amigo! Consegui uma conexão no hotel onde estou, na praia de Atlántida, que dista uns 40km de Montevideo.

Maravilhosa reflexão, aliás, tudo por aqui é muito bom!
Nos precisamos inteiros em nossa vida, corpo e alma, dia e noite nossos, ao dispor de um detalhe ou do todo que nos compõem. Vida essa vida, pois!

Grande abraço! Excelente domingo, amigo, para ti e família!

Ma Ferreira disse...

Evaldo!!

Estou gostando de ver viu!!
Cada postagem uma surpresa!!

Vc se supera a cada uma delas.
As ilustracoes estao o maximo!!!

Sou sua fa!

Bj..semana de paz a vc!!

Cissa Romeu disse...

Evaldo,
Obrigada pela atenção de sempre!
òtimo feriado para ti e família!
Grande abraçoa!

Jaime Guimarães disse...

Oi, Evaldo! Como vai, tudo bem?

Olha, vou te dizer uma coisa: há dias que eu torço para acabarem rapidinho, tamanha a intensidade de trabalho e responsabilidades! ( professores que lidam com turmas complicadas em determinados dias da semana talvez concordassem com isso rs)

E há noites tão boas que gostaria que fossem maiores.

Creio que é tudo uma questão de como encaramos estes turnos. Encontrar o equilíbrio - seria um "mito"? - é fundamental. Assim podemos até organizar melhor o nosso ritmo. E em tempos estranhos como este, é um desafio e tanto!

Abraço!

Joicy Sorcière disse...

Olá, Evaldo... mais um blog que eu entrei curiosamente, depois que visitei meu novo amigo Jaime! rs... Vou te falar uma coisa, tem dias que eu desejo que passem rapidinho. Geralmente, durmo no máximo 5 horas por noite e, por incrível que pareça, rendo o dia todo! (mas, sim, tbem reluto para acordar... porém, depois de acordada, volto ao meu jeito hiperativo de ser.) No entanto, gostaria que todas as noites, durassem 24 horas! Sou um ser noturno, meio vampira mesmo! Sou capaz de ficar acordada a noite inteirinha, para poder dormir pela manhã. (já fiz muito isso...) Forte abraço... Joicy Sorciere

Jacques disse...

Dizem que tudo é relativo, Evaldo, e o tempo não é diferente.
Existem dias que se arrastam e dias que passam voando.
E as noites, além de servirem para nos restabelecer as energias necessárias aos dias, nos fornecem, em sonhos, motivos para tentarmos nos tornar melhores do que somos.
Um braço e uma boa semana pra ti, Evaldo.