SEGUIDORES DE CAMINHADA

sábado, 1 de outubro de 2011

Olhar as flores, os pássaros, todos os viventes. - Reflexões



 Olhemos as flores, os pássaros, todos os viventes.

Reunimos em nosso corpo fragmentos de todo o universo, conhecidos e desconhecidos, em pesquisa constante da Ciência.
Somos, portanto, a eficiência física, necessária no momento de vivência de cada ser.
Somos constituídos na forma, sob forja desconhecida, mas com assimilação intuitiva de que algo onipotente sustenta todas as vidas existentes.
Todos nós temos como plano de fundo, consciente ou inconscientemente, o leme da sobrevivência.
Nós, humanos, os animais ditos irracionais, as plantas, os seres inanimados como a rocha, somos particularidade da Terra que se equilibra no Universo.
O espírito é um ser cósmico que anima, transitoriamente, por necessidade de evolução, a matéria na Terra.
Observando o passado, que o espírito empreendedor da humanidade busca desvendar para descobrir sua origem, que pode estar fora do orbe terrestre, e projetando o futuro, olhando pela janela da Ciência, da Filosofia e das Religiões podemos depreender o quanto somos primitivos, ainda, mas sem demérito algum, considerando o aspecto de que estamos em processo de evolução.
Cada um de nós aproveita o momento de ser, com nossas singularidades, mudando a roupagem física, tal qual substitui o estudante o seu uniforme escolar. Mudar de grau é questão de esforço pessoal e também coletivo.
A escola da vida parece estar meio, ou bastante destruída, mas o lema é seguir em frente, reconstruindo a História, levantando a bandeira da compreensão, tecendo a sensibilidade para sentir o que está em nossa volta. São tantas maravilhas, além da beleza do ser humano que ainda utiliza a cartilha como aprendizado.

Juiz de fora, 01 de outubro de 2011.
Evaldo de Paula Moreira
Série Pensamentos - Reflexões

9 comentários:

Cecília Romeu disse...

Evaldo!
Nossa, amigo! Que maravilhoso!
Um texto que diz tudo.
E como é difícil mudar de grau na escola da vida..., atingir uma evolução, mesmo que em pequenas parcelas diárias, muitas vezes acarreta um certo sofrimento.
Parabéns, Evaldo. Estava aguardando um novo post.

Abraços para ti e família e ótimo fim de semana!

Ma Ferreira disse...

Olá!!

Acabei de ler seu comentário em meu blog. Li duas vezes. depois li os demais, aliás, que ja tinha lido anteriormente.
E me veio uma alegria a alma.
Alegria em saber que fazemos parte de um todo. De uma coletividade.
Somos amigos..independente se virtual ou não.
Sinto em cada comentário um carinho sincero.
E isso me deixa muito feliz.
Em relação ao seu belo texto eu concordo plenamente.
Estamos em evolução.
Cada um tem a sua hora. Não dá pra fazer que um fruto amadureça a força. Até dá, mas o gosto não é o mesmo.
Chega uma hora que a espiritualidade nos chama.
Hoje eu presto atenção em coisas que antes passava por mim desapercebido.
Presto atenção em mim.
Tento melhorar o que dá para ser melhorado e me perdoar pelo que ainda não consigo.
O Brahma Kumaris me ajudou muito nesse entendimento.
Todos somos um. Estamos todos conectados. E que bom que estamos conectados na energia boa.
Porque é energia boa que vc me emana.
Com respeito e amizade!
Um bj..

Celina Dutra disse...

Evaldo,

Estava com saudade! Redecorou seu canto, ficou ainda mais bonito!
Bela reflexão. Somos todos parte de um todo em evolução e que felicidade encontrar nesse todo almas como a sua empenhada em fazer o todo mais belo. É privilégio e bênção na vida da gente.

Girassóis lindos no seu fim de semana.
Beijos

Evanir disse...

Querido Amigo..
Venho conhecer seu blog através da nossa amiga querida ,Adriana.
Seu blog é lindo e os textos
ótimos.
Já estou seguindo você.
Um feliz terça feira beijos.
Evanir

Adriana Vargas disse...

Sim, o importante é continuar AVANTE!
Porque viver, é simplesmente maravilhoso!!!
Abraços

Lu Cavichioli disse...

Olá meu neo amigo

Gosto imenso do teu falar consciente, mas que abriga nas entrelinhas aquele afago benfazejona tentativa de resgatar algo que (talvez), tenha sido esquecido, amassado como papel sem sentido e que renasce nesse texto reflexivo de grande beleza.

Obrigada por este momento de tantas verdades. Oxalá o ser humano (ainda)as oportunidades em reavaliar valores. Construindo vigas para sustentar tempestades.

Boa noite caríssimo e abraços!
Adorei te ver na festa do Escritos, obrigada.

Lu Cavichioli disse...

*corrigindo:

Oxalá o ser humano (ainda)aproveitasse oportunidades em reavaliar valores. Construindo vigas para sustentar tempestades.

Ma Ferreira disse...

Vim tomar um cafézinho com vc..
Vc não estava..volto depois..rsrs

Brincadeirinha..
Passei pra te dar um OIzinho!
bj

MARILENE disse...

Você tem razão. Em texto muito bem escrito, demonstra a necessidade do aprendizado, inobstante a escola da vida estar em péssima fase. Poucos são os exemplos dignos de nota e quando os encontramos, etmos vontade de gritar ao mundo que tudo é possível, que a grandeza de caráter ainda existe.
Obrigada por retribuir a visita.

Abraços