SEGUIDORES DE CAMINHADA

quarta-feira, 24 de agosto de 2011

Minha crônica no blog Passeando

                                                                          http://passeandopelocotidiano.blogspot.com/
                             

7 comentários:

Celina Dutra disse...

Parabens pela abordagem ao tema Além das fronteiras. Felizes as crianças que recebem limites, mas também grande espaço de liberdade.

Girassóis nos seus dias
Beijos

Paulo Bouvier disse...

Muito bom o blog.

Evaldo disse...

Obrigado Celina e Paulo, pela visita aqui e ao blog do Passeando onde escrevi sobre a criança e os limites que enfrentam. Criança me preocupa, na medida em que não enxergamos seus potenciais de desenvolvimento. Elas são o futuro e o que acontecer de bom ou ruim depende do quanto investimos nelas, principalmente no campo do amor, na visão ampla de vida, compreendendo mais o ser do que o ter que já é muito ensinado.
Abraços.

Ma Ferreira disse...

Evaldo..ja fui la t prestigiar..parabéns pela cronica!!
Bj

Evaldo disse...

Obrigado, MA.
Você foi boa criança, bem amada, por isso você continua sendo boa menina.
Abração, viu? Adoro suas artes. As da cerâmica, seu senso criativo, e o modo alegre de fazer amigos.

Cissa Romeu disse...

Evaldo, muito bom seu texto por lá, já comentei, mas repito por aqui o que escrevi por lá:

Todos temos capacidade de aprender, mas o quanto a fronteira (nosso corpo), possibilita, isso conta, para a experiência exploratória. Como crianças temos um resultado, (que hoje é diferente do das crianças de tempos atrás), ou mesmo quando adultos, hoje podemos ser mais argutos que outros adultos de antigamente!

Evaldo, obrigada por estar acompanhando meu trabalho. O seu é muito bom! Parabéns!
Grande abraço!

Evaldo disse...

Obrigado por prestigiar, Cissa Romeu.
Seu trabalho também é muito bom. Alegre, descontraído, como deve ser a vida.
Abraços.