SEGUIDORES DE CAMINHADA

segunda-feira, 30 de maio de 2011

A Valsa da Vida



A vida sempre me pareceu uma cartilha.

E nela procurei seguir seus riscos, traçados, delineados.

 Mas tudo começou com as garatujas.

O tempo foi passando, passando...

De vez em quando, conferia, conferia... E descobri que ainda estava na cartilha. Seguindo à risca os traçados por ela delineados.

Um dia meu filho, chegando de viagem, presenteou-me com um livro e me disse: “pai, não leve a vida tão dura consigo mesmo... Não vale apena”.

Ponderei, ponderei... Esbravejei, esbravejei e descobri que dançava a dança dura da vida.

 Então, com muita relutância entendi que é possível dançar outras danças, sem perder o equilíbrio, mas sem cartilhas, pois sou a minha própria cartilha.

De vez em quando ensaio outra dança e custa-me evitar os tropeços no salão, pois ainda carrego a rigidez da alma. O medo de enfrentar o mundo. O medo de olhar pra mim mesmo, ainda existe.

Mas, essa dança é muito difícil, porém muito dócil, é mais sábia do que a da cartilha: é a valsa.

Ela é produto da autoconfiança, exige fibra, mas não rigidez. Compromisso, mas não intolerância.

É a valsa da vida.

Juiz de Fora, 29 de maio de 2011.
Evaldo de Paula Moreira
Reflexões

6 comentários:

Meias de Seda (Suzy) disse...

Uia! Layout novo! Ficou show!

Amigo, seu texto me fez lembrar da famosa frase "Não leve a vida tão a sério. Afinal, você não vai sair vivo dela mesmo". É mesmo por aí! rs

Bjos e ótima semana ;)

Lilly disse...

O segredo é superar esses medos, que todos nós temos...
Beijos.

Cris Tarcia disse...

Agora que estou aprendendo a superar o medo da vida, a andar mais leve, a querer me jogar... esta sendo muito bom, uma vida nova, feliz, como sua amiga disse, `Afinal não vais sair vivo dela mesmo.` Lindo texto
Um grande abraço

Marina Araújo disse...

Obrigada por seguir :)
Gostei das mensagens do seu blog. Ha! parece que você gosta de desenhos. Já deu uma olhada na minha página de desenhos?! Se não viu ainda, acho que você vai gostar ;)
Seguindo *-*

Fátima disse...

Uia!Layout novo!Ficou show!(2)
Adorei o texto,é isso mesmo a Valsa da Vida,"Sou minha própria cartilha" adorei isso,me lembrei da música:
Será que eu posso ensinar
A desligar o botão?
É viver só com o coração...
Vambora lá dançar"...
Bj Fátima

Meias de Seda (Suzy) disse...

Passando para lhe desejar um ótimo fim de semana e avisar que tem promoção nova lá no blog.
Bjos ;)