SEGUIDORES DE CAMINHADA

quinta-feira, 22 de julho de 2010

NATUREZA EM PERIGO


Equilíbrio da natureza.
Todos os seres vivos buscam refúgio contra predadores e desenvolvem mecanismos de defesa. Ninguém pára no tempo. Todos têm que lutar para defender seu quinhão de vida.
Preste bem atenção em cada ser e descubra por si mesmo.
Até no deserto tem vida.
Tem cobra, tem escorpião, tem pequenos lagartos. Todos eles sabem sobreviver nessa área inóspita.
Os cactos desenvolvem espinhos para defesa e raízes profundas ou ramificadas na superfície do solo para acúmulo de água.
O camaleão muda de cores para se esconder de predadores.
O gambá?... Cuidado com o cheiro dele. Não chegue perto.
O boi tem chifres.
A borboleta desenvolve desenhos nas asas semelhantes a olhos. Assim ela parece maior do que é para assustar seus predadores.
E o homem, nessa condição, é o menos inteligente de todos porque cria métodos de sobrevivência, defesa e de destruição, além de seus limites de necessidades.
Os outros animais não destroem o planeta, porque há um equilíbrio de antídotos, mas o homem passou o sinal vermelho.
Paremos nosso “trem”.
*****
*****
Juiz de Fora, 21 de julho de 2010.
Evaldo de Paula Moreira
Poema de Reflexão
****
****

Nenhum comentário: